RuPy Campinas

RuPy Campinas

18 de junho de 2016, Faculdade de Engenharia Elétrica e de Computação (FEEC) - UNICAMP


Sobre

O evento para apaixonados por desenvolvimento chega à sua segunda edição em Campinas-SP. Ruby, Python, JavaScript e o que há de mais incrível perto de você.

Foi a primeira vez em que participei do RuPy e saí encantada!Sensacional!! Parabéns à organização e aos palestrantes!! :D

Posted by Lidiane Taquehara on Sunday, June 21, 2015

Localização

Avenida Albert Einstein, 400. Campinas, São Paulo

Palestrantes

  • Alex Braha Stoll

    Alex Braha Stoll

    Alex ama aprender e criar. A maior parte do tempo programa em Ruby e em JavaScript, mas também tem se interessado por Android e Elixir. Atualmente, é Lead Software Engineer no Carrinho em Casa.

  • Andrew Rosa

    Andrew Rosa

    Atua na HE:labs ajudando seus clientes a construir produtos incríveis. Divide seu tempo com s-expressions e compiladores, enquanto sonha com o retorno das Lisp Machines.

  • Eduardo Matos

    Eduardo Matos

    Desenvolvedor há 13 anos, começou a trabalhar como freelance e professor numa escola de informática. Trabalha como desenvolvedor fullstack com especialidade em desenvolvimento front-end, mas ama programar de JavaScript a Ruby.

  • Emilio Simoni

    Emilio Simoni

    Desenvolvedor e pesquisador de segurança há 17 anos, atualmente aplica Data Science e machine learning na área de segurança. Trabalhou na área de tecnologias de proteção em empresas como GAS Tecnologia, Diebold e atualmente PSafe. Participa ativamente de competições de machine learning, e tem como principal hobby atuar como Coach e dar treinamentos direcionados ao desenvolvimento de pessoas e equipes.

  • Fabrício Ferrari de Campos

    Fabrício Ferrari de Campos

    Há 9 anos trabalhando na área de desenvolvimento de Software. Co-fundador da Vizir, uma Software Studio que há 6 anos entrega soluções "du caralho". Nos últimos anos tem trabalhado com Angular.JS, Node.JS e Rails.

  • George Guimarães

    George Guimarães

    Co-fundador da Plataformatec, uma consultoria de Elixir e Ruby. Seus tópicos favoritos no momento são: integração discreta, monolitos e picoserviços com Elixir.

  • Guilherme Carreiro

    Guilherme Carreiro

    Guilherme Carreiro é Software Craftsman na HE:labs e entusiasta de comunidades Open Source, contruibuindo em projetos como o OneBox e RuboCop. É agnóstico de tecnologias e trabalha com aplicações Ruby de alta performance.

  • Luiz Antonio de Menezes Filho

    Luiz Antonio de Menezes Filho

    Desenvolvedor Python apaixonado por programação. Formado na USP, trabalha atualmente com desenvolvimento web. Nas horas vagas empenha-se em fundar um hackerspace em São Carlos-SP.

  • Oscar Esgalha

    Oscar Esgalha

    Hacker por hobby e profissão. Brinca de programar há 9 anos. Cientista da Computação pela Unicamp, trabalha com desenvolvimento web há 5 anos, atualmente como fullstack. Gosta muito de tecnologias abertas.

  • Renan Ranelli

    Renan Ranelli

    Milhouse (também conhecido como Renan Ranelli) é engenheiro químico de formação e engenheiro de software por vocação. Atualmente trabalha full-time com Elixir, depois de longas temporadas com Ruby e C#.

  • Roi Avidan

    Roi Avidan

    Desenvolvedor há mais de 20 anos, Full Stack nos últimos cinco. Formado em Eng. da Computação e Pós Graduado em Gerenciamento de Projetos. Atua no Terra Networks como Analista / Líder de Projetos (e Desenvolvedor de vez em quando). Trabalha principalmente com Python e JavaScript.

  • Talysson de Oliveira Cassiano

    Talysson de Oliveira Cassiano

    Desenvolvedor front-end na Codeminer42 e graduado em Ciência da Computação, tem grande interesse em NodeJS, ReactJS e arquiteturas de sistemas web.

Agenda

a definir
  • Action Cable em ação

    Guilherme Carreiro

    Entenda o Action Cable, a API que mais se destaca dentre as novidades do Rails 5, trazendo um conjunto novo de abstrações ao framework e uma série novidades que impactarão diretamente na comunidade Ruby em 2016.

  • Tornado/Python como backend para aplicações com alta carga de requisições

    Roi Avidan

    Python é uma das linguagens de programação mais usados no mundo em geral e para web em específico. Tornado é um servidor web não bloqueante feito em Python originalmente desenvolvido pela FriendFeed (comprada pelo Facebook). No Terra utilizamos estas tecnologias nos nossos sistemas de backend para atender uma carga enorme de requisições e para personalizar conteúdo. Nesta palestra vou apresentar um use case sobre um dos componentes na nossa arquitetura de entrega – um processador de SSIs inteligente, rápido e modular, feito em Tornado/Python – o “Montador”.

a definir
  • Estratégias de manipulação do DOM

    Eduardo Matos

    React, Angular 2, Ember 2... O que esses frameworks têm em comum? Todos estão utilizando novas técnicas de manipulação do DOM da forma mais performática possível. Vamos fazer um overview dos algoritmos usados em cada um desses frameworks e conhecer o que há de novo e mais veloz.

  • Ruby on Background

    Alex Braha Stoll

    No ecossistema Ruby, há várias gems, técnicas e padrões que podem ser utilizados para se fazer processamento em background. Nesta palestra, cobriremos desde cenários mais simples até cenários mais complexos (por exemplo, como abusar de código concorrente mesmo no Ruby MRI). O foco será Ruby on Rails no Heroku com Sidekiq, no entanto haverá conteúdo útil para qualquer desenvolvedor Ruby.

a definir
  • Prevendo futuro com machine learning

    Emilio Simoni

    O que você vai fazer amanhã? E nos próximos meses? Para onde vai, o que vai comprar... Você pode até não saber, mas com machine learning é possível prever suas ações, gostos e comportamentos. Estamos saindo da era da busca para era da recomendação, onde é possível identificar o que você quer antes mesmo de você pensar sobre isso. Venha descobrir como machine learning funciona, e como ele consegue fazer isso.

  • Rails em 2016, usar ou não usar? Eis a questão.

    Fabrício Ferrari de Campos

    Nos últimos anos muito se vem falando do futuro do Rails, principalmente devido a forte adoção do Node e SPAs. O objetivo da talk é apresentar alguns fatos ao redor do assunto, junto com opiniões da comunidade e um case prático com Rails 5, para que a pessoa possa sair da palestra com mais bases pra responder a perguntar: Rails em 2016, usar ou não usar?

a definir
  • Testando sua aplicação web com py.test e Selenium

    Luiz Antonio de Menezes Filho

    Escrever testes automatizados para seu código é essencial para a criação de aplicações de qualidade. A palestra apresentará, na prática, como escrever testes unitários e funcionais para um simples e-commerce usando py.test e Selenium.

  • Design de aplicações concorrentes: uma abordagem comparativa

    Renan Ranelli

    Nessa palestra vamos explorar abordagens para o design de aplicações concorrentes, avaliando performance, testabilidade e "compreensibilidade". Em particular, vamos comparar o design de uma aplicação exemplo em Ruby e Elixir.

a definir
  • Concurrent Ruby

    Oscar Esgalha

    Concurrent Ruby é uma gem que traz diversas funcionalidades de concorrência inspiradas em outras linguagens e adaptadas para o estilo ruby. Ela será uma dependência do Rails 5 (ActiveSupport) e já se mostra popular na comunidade. Descubra através de exemplos como e quais os benefícios em usá-la.

  • O Último Transpiler Que Você Irá Precisar

    Andrew Rosa

    A era dos transpilers renovou toda a comunidade JavaScript. A modernização da linguagem instigou a criação de ferramentas de desenvolvimento. Floresceu novas abstrações para assíncrona e imutabilidade. Mas infelizmente também criou uma bagunça. E se pudéssemos unir tudo isso numa linguagem expressiva aliada ao Estado da Arte de minificadores e otimizadores de JavaScript? Apresento-lhes ClojureScript.

a definir
  • Mas que bagunça é essa, JavaScript?!

    Talysson de Oliveira Cassiano

    Com o surgimento de mais e mais bibliotecas, ferramentas e frameworks para JavaScript tudo parece estar uma bagunça. Esta palestra visa mostrar que isso não é nada mais do que uma fase de transição de crescimento da comunidade JavaScript, além mostrar o que é o que, tipos de ferramentas, e como escolher qual delas usar em seu projeto.

  • Concorrência (e Elixir): o que isso muda pra você?

    George Guimarães

    Muito se fala sobre novas linguagens de programação. Quero falar sobre concorrência, que considero o grande próximo desafio que desenvolvedores web terão que lidar. Vou comentar sobre outros modelos de concorrência (inclusive sobre Python e Ruby) e mostrar onde esses modelos pecam. E vou mostrar como Elixir e Erlang estão muito bem posicionados para resolver esse problema com seus primitivos.

a definir

Patrocinadores

Bronze

Parceiros